JORNALISMO E LITERATURA

Além de interpretar, cantar e tocar, Rafael Cortez é jornalista e,
recentemente, tornou-se escritor.

JORNALISMO

E LITERATURA

Além de interpretar,
cantar e tocar,
Rafael Cortez é
jornalista e,
recentemente,
tornou-se escritor.

Obras literárias de Rafael Cortez

Formado em Jornalismo pela PUC-SP, Rafael atuou na área e hoje investe em sua própria produção literária.

Premiado em 2003 com o Prêmio Abril de Conteúdo Digital, Cortez passou por redações, editoras e foi freelancer até se consolidar como jornalista (e também humorista) do CQC.

Suas reportagens e textos de jornalismo e comédia ocupam boa parte de sua produção. A isso soma-se hoje sua faceta de escritor: ele tem lançado seus próprios textos não só na internet como também no mercado literário.

Artigos, textos e blogs

  • UOL
  • Yahoo! – Coisas do Cortez
  • Catwalk

Livro

  • Meu Azar com as Mulheres – Panda Books
  • Memórias de Zarabatanas – Editora Seoman – grupo editorial Pensamento

Prefácios

  • Muito Mais que Cinco Minutos – Autor: Kéfera Buchmann – Editora Paralela
  • Amores Brutos – Autor: Melina Flynn – Editora: Editora Patuá

Entrevistas sobre Literatura

Lançamento do livro - Meu Azar com as Mulheres

Clipping - Memórias de Zarabatanas

Com uma abordagem moderna, Rafael Cortez conta sua história de forma inovadora. Através de crônicas e poesias, ele narra a passagem do tempo de forma elaborada, tal qual um artesão das palavras, em que o menino, ao longo do texto, vai se transformando em artista. Nesta versão em audiolivro, com sua interpretação e dedilhando seu violão, Rafael mostra um talento multifacetado, que vai muito além do humor e nos atinge como um tiro de zarabatana.

 

 

  • Programa Encontro com Fátima Bernardes – Rede Globo
    Participação do quadro #TBT e bate-papo sobre lançamento do segundo livro “Memórias de Zarabatanas”
    https://globoplay.globo.com/v/7064103/